Vertigem Paroxística Posicional Benigna

A Vertigem Paroxística Posicional Benigna, ou VPPB, é o tipo mais frequente de vertigem periférica. É habitualmente iniciada durante a noite, normalmente quando a pessoa muda de posição na cama, ou durante o dia com o movimento da cabeça. Este tipo de vertigem, caracteriza-se por ser de curta duração, de apenas alguns segundos, no entanto muito frequente, podendo repetir-se ao longo do dia. O diagnóstico da VPPB é feito através da execução de uma manobra chamada Dix-Hallpike. A finalidade desta manobra de diagnóstico, é desencadear vertigem e nistagmo. Existe tratamento médico e cirúrgico para esta doença, mas geralmente é possível controlar a situação por métodos não invasivos.

Existem duas manobras muito eficazes para o tratamento médico fisioterapêutico da vertigem paroxística posicional benigna, a manobra de Epley e de Semont. A nossa preferência vai para a manobra de Epley. Quanto à manutenção do equilíbrio, o exercício de Brandt-Daroff, mostra grande utilidade e é executada ao longo do tempo. Se a melhoria clinica, não for a expectável, poderá pensar-se na associação de VPPB a enxaqueca ou doença de ménière.

Artigo publicado por:

Especialista de Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço