Cuidados auditivos em crianças

A surdez pode surgir em qualquer momento da vida e atingir qualquer pessoa. A prevenção e atenção aos sinais de alerta na população infantil é de extrema importância, pois um comprometimento da audição pode afetar o normal desenvolvimento da linguagem.


É preciso que os pais e cuidadores estejam atentos à reação da criança aos sons nas seguintes situações: quando se chama por ela, quando se fala de costas para ela ou na ausência de gestos a acompanhar a fala.


Os cuidados com a audição da criança começam desde cedo. É importante que ela receba o aleitamento materno. Estudos mostram que crianças amamentadas apresentam risco significativamente menor de infeções do trato respiratório inferior, otite média e gastroenterite em comparação com crianças não amamentadas.


Por possuírem uma trompa de Eustáquio mais horizontalizada facilmente pode haver a drenagem de secreções da nasofaringe para o ouvido, o que origina as otites. Por esta razão deve-se ter especial atenção à posição de amamentação e uso do biberão, evitando a posição deitada. A posição mais adequada é colocar a criança numa posição de mais ou menos 45º.


Também são necessários outros cuidados tais como: lavar os brinquedos/peluches regularmente para eliminar ácaros e bactérias; uso de protetores na prática regular de natação/surf; evitar exposição prolongada a ruídos intensos; cuidados no uso de mp3/auscultadores, entre outros. Devem ser bem agasalhadas em tempos mais frescos para prevenir as constipações e a consequente ocorrência de otites.


Logo que sejam notados quaisquer sinais de alerta deve-se procurar um especialista, pois um diagnóstico precoce leva a um tratamento atempado e consequente prevenção de danos maiores.


O audiologista tem um papel fundamental na deteção da surdez, identificando sua possível causa e necessidade de prosseguir à reabilitação adequada. A avaliação auditiva e eventual reabilitação são passos primordiais para fornecer as condições necessárias ao normal desenvolvimento da linguagem.

Artigo publicado por:

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de navegação.