A psicoterapia no desenvolvimento do indivíduo

A psicoterapia é uma abordagem especializada realizada pelo psicólogo, no sentido de auxiliar o doente a gerir os seus problemas físicos e mentais. É um processo que tem por base o compromisso entre o doente e o terapeuta.

OBJETIVO

Tem como objetivo global aprofundar a realidade do doente. Todo este processo é realizado num determinado setting, que responde a características especiais, pois é neste local que o doente vai trabalhar a sua nova experiência, as suas emoções, afetos, sentimentos, fragilidades e fantasias.

PROCESSO TERAPÊUTICO

Na primeira sessão, é da responsabilidade do terapeuta realizar o acolhimento, assumindo desde logo o caráter relacional. Para facilitar o contacto inicial, o terapeuta tenta proporcionar uma forma de normalidade conjunta, comprometida. De seguida, serão abordadas as regras para o desenvolvimento normal e integrativo da sessão.
Logo após, será realizada uma breve anamnese, que permite a recolha de dados pessoais. De seguida, o terapeuta procura saber se é a primeira vez que o doente frequenta o psicólogo uma vez que pensamos que a preparação para a terapia é fundamental, depois, partimos para o motivo da consulta. Ao longo da consulta, considera-se fundamental por parte do terapeuta, a escuta ativa, o contacto ocular, a linguagem não verbal e o parafraseamento. Desta forma, o doente sentir-se-á escutado, compreendido e acima de tudo não julgado. Em consulta não existe culpa.

RELAÇÃO TERAPÊUTICA

Ao longo de todo o processo de psicoterapia, demonstramos genuinidade, empatia e interesse na relação terapêutica, de modo a facilitar a expressão de necessidades, fraquezas, potencialidades e objetivos por parte do doente. Ao doente, compete libertar-se, de modo a que a sua experiência subjetiva e a sua voz ganhem prioridade. A relação entre o doente e o terapeuta, constitui-se como um facilitador deste processo. A qualidade desta relação, que tem por base o respeito e a confiança, vai permitir que o doente mais facilmente se exprima, se identifique, se respeite e acima de tudo se sinta bem.

CRITÉRIOS PARA REALIZAÇÃO DE PSICOTERAPIA

Em psicoterapia para que os objetivos do doente sejam atingidos, é necessário haver um compromisso entre o terapeuta e o doente desde a primeira sessão e ao longo de todo o processo. Desta forma, ambos estão em sintonia para que em conjunto seja possível atingir os objetivos conjuntos. Por outro lado, é desejável que o doente realize um trabalho contínuo, no sentido de se responsabilizar pelo processo terapêutico, de tomar consciência dos seus comportamentos, das suas ações, realizando pequenas mudanças para poder alcançar os seus objetivos e um desenvolvimento pessoal.

O QUE LEVA O INDIVÍDUO A PROCURAR PSICOTERAPIA

As razões que podem levar o indivíduo a procurar psicoterapia podem ser várias, por exemplo: sintomatologia geral, gestão de vida, gestão de relações, gestão do contexto profissional, ansiedade, traumas, fobias, doença declarada, doença do foro otovestibular, perturbações do comportamento alimentar, ou seja, tudo aquilo que perturba o bom funcionamento do indivíduo. De uma forma geral, o doente apresenta um pedido de ajuda para resolver problemas e dificuldades que têm um impacto significativo no seu bem-estar. Perante o seu pedido, o terapeuta tem obrigatoriamente de ter em consideração que o doente é alguém com uma história pessoal, relacional e com expectativas de mudança.

“É por isso que o homem de coração nobre impõe a si mesmo o dever de nunca humilhar ninguém; impõem-se uma justa vergonha em presença de tudo o que sofre.”
Nietzsche, F.

CONCLUSÃO

A psicoterapia é um processo que permitirá o alargamento do autoconhecimento do indivíduo, dos seus comportamentos, das suas emoções e das suas ações, para que em diversas situações da sua vida, seja capaz de as resolver de uma forma autónoma, saudável e promotora do futuro. Ao procurar iniciar um processo de psicoterapia, o indivíduo está a realizar um investimento em si próprio!

>>>Artigo escrito em co-autoria com a Dr.ª Madalena Iglésias

Artigo publicado por:

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de navegação.