Já ouviu a sua voz?

Considerando que a voz é, por excelência, a característica única que nos distingue no mundo animal, e nos permite a interação pessoal, social ou profissional, a voz é, certamente, um bem cuja integridade deveremos imperiosamente preservar.

A voz tem a sua origem na laringe.

O ar expirado pelos pulmões, atinge a face inferior das cordas vocais que são postas em movimento e em consequência deste, gera-se voz, que é depois ampliada e modificada nas cavidades de ressonância (faringe, cavidade oral e cavidade nasal) e pelos órgãos de articulação (lábios, dentes, palato duro, língua, palato mole e úvula).

Frequentemente, e sem disso por vezes darmos conta, a nossa voz altera-se por abuso e indisciplina, quase sempre indissociáveis da incoordenação entre respiração e fonação. É esta incoordenação a responsável por grande número de situações de alterações da voz ou disfonias.

Se sentir esforço ao vocalizar, fadiga ou sensação de corpo estranho, pigarrear frequente, fraqueza ou mesmo perda de voz (afonia), deve procurar ajuda junto da equipa adequada para o efeito, formada por especialista em otorrinolaringologia que fará o diagnóstico e o terapeuta da fala que fará o tratamento. Os dois trabalharão em conjunto no sentido de readquirir um bem perdido.

Quem tomar esta correta atitude, verá, com satisfação, a maioria dos problemas vocais desaparecer, e de novo possuir o que nunca deveria ter desaparecido: o conforto de uma voz normal!

Ver artigo >>> https://www.leyaeducacao.com/z_escola/i_497

Artigo publicado por:

Terapeuta da Fala
Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de navegação.